Marlon santos230450 G

O presidente da Assembleia Legislativa, deputado Marlon Santos (PDT), cumpriu agenda parlamentar em Cachoeira do Sul nesta quinta-feira (19). No início da manhã Marlon reuniu-se com a direção do Hospital de Caridade e Beneficência (HCB). Uma boa notícia para a instituição veio após encontro do presidente com o governador do Estado, José Ivo Sartori, na terça-feira, com o anúncio da liberação de pagamento em atraso ao HCB no valor de R$ 460 mil, cujo repasse foi efetuado nesta quarta-feira.

Visita a Granol
Marlon esteve na Granol para retribuir a visita que recebeu nesta semana do diretor industrial Juan Diego Ferrés e do gerente administrativo da planta de Cachoeira do Sul, Talis Treichel. Os dirigentes informaram sobre alterações realizadas no processo produtivo, como a substituição de carvão mineral por cavacos de madeira, tornando o sistema mais sustentável. Outra novidade é a produção de glicerina na fábrica, que antes era enviada para ser beneficiada na China.

Marlon expressou sua satisfação com a retomada da planta de Cachoeira do Sul, “que irá fortalecer a agricultura e gerar empregos”. O parlamentar também fez questão de ressaltar a forma que a Granol efetua a compra de soja, pois “beneficia não só o grande agricultor, mas também os pequenos”, já que a empresa não centraliza a compra apenas em determinados produtores.

A Granol atualmente conta com cerca de 300 funcionários, sendo que em torno de 150 foram contratados recentemente. A partir de segunda-feira (23) reiniciará o esmagamento da soja, abrangendo duas mil toneladas/dia.

Educação na pauta
Encerrando as visitas da manhã, Marlon esteve na 24ª Coordenadoria Regional de Educação (CRE). O parlamentar colocou a Casa Legislativa à disposição da coordenadora Julieta Prestes e a parabenizou pelo bom trabalho que vem sendo realizado. Entre as boas notícias da 24ª CRE está a assinatura da ordem de início de serviço da obra de ampliação da estrutura física da futura escola de ensino médio do distrito de Piquiri, que ocorreu também na manhã de hoje.

* Com informações assessoria da Presidência 

Marlos fazenda 230013 G

Representando o presidente da Assembleia Legislativa, Marlon Santos (PDT), o deputado Juliano Roso (PCdoB), 1º vice-presidente do Parlamento, recebeu, na manhã desta quinta-feira (12), na sala da Presidência, o secretário da Fazenda em exercício, Luiz Fernando Bins, e o diretor da Contadoria e Auditoria-Geral do Estado (CAGE), Álvaro Panizza Fakredin. Na ocasião, Roso recebeu o Balanço Geral de 2017 da Secretaria de Estado da Fazenda.

Marlon presidencia

 

O presidente da Assembleia Legislativa, deputado Marlon Santos (PDT), recebeu na manhã desta quinta-feira (15) uma visita cortesia do prefeito de Paraí, Gilberto Zanotto (PDT), que veio convidá-lo para participar do 37º Festival do Leitão, já consolidado como o maior evento gastronômico do munícipio.

Zanotto ressaltou que o Festival congrega a região e fortalece o turismo local e regional. Com 120 produtores e 100 mil abates ao ano, Paraí é o 23º município no ranking da criação de suínos no Rio Grande do Sul. O Festival é organizado pela Associação dos Suinocultores de Paraí e Região (ASPAR) juntamente com a Prefeitura de Paraí, e ocorre no mês julho durante a programação em comemoração à semana do município.

Marlon TCE 229109 G

Nesta terça-feira (27), o presidente da Assembleia Legislativa, deputado Marlon Santos (PDT), recebeu, em visita de cortesia, o presidente do Tribunal de Contas do Estado (TCE), conselheiro Iradir Pietroski. Na oportunidade, o presidente do TCE expressou ao parlamentar o interesse de uma aproximação do Tribunal de Contas e Assembleia Legislativa, por acreditar que os dois órgãos podem juntos fazer mais pelo Estado.

O presidente Marlon Santos demonstrou total disposição em aperfeiçoar a parceria entre fiscalizador e legislador, já agendando uma visita ao TCE, na próxima quarta-feira (4), acompanhado de integrantes da Mesa Diretora, Superintendência-geral e Procuradoria.

* Com informações da assessoria da Presidência

MArlon delacao 228106 G

 

O presidente da Assembleia Legislativa, deputado Marlon Santos (PDT), reuniu a imprensa no início da tarde desta terça-feira (6) para relatar encontro com o procurador-geral de Justiça, Fabiano Dallazen, a respeito de notícia de delação premiada do ex-deputado Diógenes Basegio, cujo mandato foi cassado em 2015. Na conversa institucional com o MP, Marlon Santos obteve a confirmação de que a delação, que envolve quatro parlamentares, foi encaminhada para homologação. Ele pediu que em até dez dias a Assembleia receba manifestação formal sobre o assunto.

Ao lado dos deputados Nelsinho Metalúrgico, que é membro da Mesa Diretora, Pedro Pereira (PSDB) e Missionário Volnei (PR), o presidente da Assembleia explicou que a sua preocupação é evitar “danos para o coletivo” e a paralisação dos trabalhos legislativos diante de uma acusação que joga suspeição sobre todos os deputados. “Não podemos brincar com reputações”, salientou. Marlon Santos solicitou a Dallazen que o MP se responsabilize pelo sigilo da delação.

Conforme o presidente da Assembleia, o MP está envolvido com essa questão há mais de 60 dias. Inicialmente, cinco deputados foram apontados por Basegio pela prática de irregularidades, mas quatro permanecem no processo de delação. A acusação é de que também teriam praticado malfeitos em seus gabinetes, ações que resultaram na perda do mandato do agora delator. Os atos supostamente praticados pelos envolvidos são anteriores e até 2015, mas até o momento nenhum deles foi ouvido pelas autoridades judiciárias. Santos assegurou que os documentos relacionados com a rotina de gabinetes parlamentares estão preservados e com acesso restrito, a partir de agora.

Durante a visita ao MP, o presidente da Assembleia estava acompanhados dos deputados Edson Brum, que é membro da Mesa Diretora, e Gabriel Souza, ambos do PMDB.

Página 2 de 2