No Grande Expediente, Edu Olivera homenageia a rádio Mais FM Gospel
 

Edu Olivera 232123 G

No período do Grande Expediente da sessão plenária desta quinta-feira (7), na Assembleia Legislativa, o deputado Edu Olivera (PDT) homenageou a Rádio Mais FM Gospel. A emissora foi escolhida, em 22 de abril, em São Paulo, como a melhor rádio gospel do Brasil. “O prêmio é fruto do reconhecimento pelo grandioso trabalho em favor do projeto de Deus para a vida de seu povo”, afirmou o parlamentar, na tribuna do Plenário 20 de Setembro.

Fundada em 10 de agosto de 2015, no município de Igrejinha, a rádio é um projeto criado pelo então diretor pastor Pedro Almeida de Oliveira, em parceria com a Igreja Vida Nova com intuito de abençoar vidas, levando a palavra do Senhor, seja por meio de pregações, músicas, ou bate-papos. “O trabalho realizado pela Mais FM tem sido um canal de Deus que tem restaurado lares, a fé, a esperança e a vida do povo gaúcho”, acrescentou o deputado do PDT.
Segundo ele, este trabalho merece pleno reconhecimento, “por ser parte dos ensinamentos mais substanciais de Cristo. E a prática da evangelização se faz necessária todos os dias na vida cristã. Aqueles que vivem da fé do Cristo Vivo, tomados pela vivacidade da Palavra do Senhor e experimentados num amor tão forte que rompe a morte, não podem guardá-lo para si”, comentou o deputado.
Missão desafiadora
Na opinião do deputado Edu Olivera, a grandiosa missão de evangelizar é também desafiadora, ainda mais nos dias de hoje. “Como evangelizar os que não querem ser evangelizados? Como apresentar o Ressuscitado para os que estão “mortos”?”, questionou. Disse que é preciso atenção às oportunidades, pois o evangelizador é aquele que se utiliza de sua experiência pessoal com Cristo para atrair outros à experiência também.
De acordo com ele, “Deus, em sua infinita perfeição, apresenta os caminhos aos homens da fé. Buscá-os onde estiverem, elevando-os à presença de Cristo, para que através dele executem as transformações necessárias no mundo”, apontou.
Segundo o parlamentar do PDT, foi isso que o “Senhor fez com a vida do meu amigo, pastor Pedro Oliveira a quem hoje tenho a honra de homenagear. Este homem de Deus, que desde o início de sua trajetória, dedica sua vida e seu tempo a levar a todos a palavra que tem transformado o caminho de milhares de pessoas e de famílias a partir do evangelho”, agregou.
História
Na sequência, trouxe aspectos da vida do pastor. Pedro de Oliveira nasceu em 1966 em São Miguel do Tapuiú no Piauí. Contou que o jovem nordestino, chegado ao RS, junto de sua família, em 1979, na cidade de Parobé, “aceitou ainda muito novo o chamado de Cristo para sua vida. Aos 16 anos já era líder de jovens cristãos, e desde esse momento, nunca mais parou”. Formado em psicanálise, consagrou-se pastor em 1992. Desde então, nesses últimos 26 anos, “quão extraordinária tem sido a missão deste homem. A responsabilidade gigantesca de restaurar e transformar vidas no caminho do evangelho de Jesus Cristo".
A Assembleia Vida Nova, ministério presidido pelo pastor Pedro, prosseguiu Edu Oliveira, está espalhada por todo o Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná, Pernambuco e Rio de Janeiro. "Este ministério tem cumprido seu papel de resgatar vidas, dar direcionamento familiar e auxiliar grupos a resgatarem valores que Cristo passou às pessoas no período em que esteve conosco”, resumiu.
Na análise do parlamentar pedetista, o mundo, “mas em especial o Brasil, passa por crise extrema. E não me refiro à crise política, reflexo de uma crise ainda mais profunda e delicada, a crise social. Nossa sociedade, desestruturada, sofre com o resultado dos ataques à nossas bases mais importantes. Ataques aos nossos lares, às nossas famílias, aos nossos valores, à nossa segurança e às nossas vidas”, alertou.
Por isso, mais do que nunca, advertiu, é necessária a união dos cristãos, como povo de Deus, e aclamar a palavra do Senhor. Encher os corações do amor de Cristo e levar seus ensinamentos a todos os cantos; a todos os homens, mulheres, jovens, enfermos. Aos que precisam se aproximar do caminho da verdade”, refletiu.
E, no seu entender, este trabalho tem sido feito, por homens de coragem, como Pedro, e como tantos outros”. Mencionando dados, citou o instituto Datafolha, segundo o qual, 14 mil igrejas evangélicas são abertas todo ano no Brasil. Conforme o último censo do IBGE, 85% da população brasileira se declara cristã. “Isso representa o total de 166 milhões de pessoas. Entre estes, 22,2% são de homens e mulheres evangélicos, que representaram um crescimento de 61 % no número de evangélicos na última década: 16 milhões de novos fiéis”, comemorou.
Celebração
Frisou que são necessários mais mulheres e homens, como Pedro, “contagiando o mundo com a alegria de ser Cristão. O dia de hoje é uma oportunidade de celebração. Nesta tribuna temos a felicidade de aclamar o Deus Vivo e ocupar este espaço da sua benção. Em nome do pastor Pedro, homenageamos toda comunidade evangélica e Cristã do Rio Grande do Sul, que atende ao chamado do Senhor, e faz dos seus ensinamentos a missão de suas vidas”, sublinhou.
Referiu que o prêmio de Melhor Rádio Gospel do Brasil, para Mais FM Gospel, nada mais é do que “o fruto do reconhecimento do trabalho desta gigante empresa de comunicação, que se afirma e destaca no cenário nacional, seguindo o que Deus determinou. E quando digo gigante, não trato somente de sua abrangência que atinge um total de 120 municípios diretamente, e chegando a 300 quando transmitida pelas rádios parceiras. Gigante, especialmente pelo tremendo trabalho de evangelização a que a mesma se propõe e executa de maneira extraordinária”, reforçou.
Por fim, destacou que parabenizar o pastor Pedro, a Assembleia Vida Nova e a Rádio Mais Fm Gospel é “destacar aqui, como representante da voz dos gaúchos e gaúchas, a importância vital do trabalho de evangelização no processo de transformação do Rio Grande do Sul e do Brasil. A melhor rádio gospel do país está aqui, é gaúcha. O RS é modelo para o resto do Brasil, não somente pelas mãos do pastor Pedro, mas sim através do projeto que Deus tem para sua vida, para sua igreja, e para esta rádio”, finalizou.
Apartes e autoridades
Em apartes, manifestaram-se os deputados João Fischer (PP), Missionário Volnei (PR), Tiago Simon (MDB) e Liziane Bayer (PSB).
Presentes, o diretor da rádio Mais FM 97.9 e pastor da igreja Assembleia de Deus Vida Nova, Pedro Oliveira; os pastores e pastoras Paulo Ricardo, Gilnei Klain, Cleomar Soares e Aline Bairros, mais o pastor da Chiesa Evangelica Assemblee di Dio, Salvatore Notaristefano.